You are currently viewing Prefeitura de BH entrega nova sede do Centro de Saúde Mariano de Abreu

Prefeitura de BH entrega nova sede do Centro de Saúde Mariano de Abreu

Construída com tecnologias sustentáveis, a nova sede do Centro de Saúde Mariano de Abreu começou a funcionar nesta segunda-feira, dia 16. Localizada na rua Barreiros, 1.007, bairro Casa Branca, na região Leste, a unidade possui três pavimentos, acessos independentes, integração dos ambientes e revestimentos de fácil higienização, o que proporciona mais conforto para a população atendida e trabalhadores.

A estrutura ampliada, totalmente acessível às pessoas com mobilidade reduzida, conta com equipamentos modernos e ambientes humanizados. São 18 consultórios, sendo um odontológico; salas de espera, triagem, procedimentos, curativo, coleta, vacina, higienização e multiuso; farmácia; zoonoses; setores administrativos, dentre outros. Toda a estrutura foi projetada para garantir atendimento integral aos cerca de 17 mil usuários dos bairros Mariano de Abreu, Casa Branca, Caetano Furquim e parte da população dos bairros São Geraldo e Boa Vista.

A unidade possui cinco equipes de Saúde da Família com médico generalista, enfermeiro, técnico de enfermagem e Agentes Comunitários de Saúde. A equipe de apoio é composta por ginecologista, pediatra, clínico, assistente social e equipe de enfermagem. Há ainda duas equipes de Saúde Bucal, equipe de Agentes de Combate a Endemias, além da equipe multiprofissional do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica com psicólogo, fonoaudiólogo, farmacêutico, fisioterapeuta, nutricionista, terapeuta ocupacional e educador físico. Oferece também atividades coletivas como Lian Gong, grupos para controle do tabagismo e diversos outros grupos para promoção à saúde.

A nova sede faz parte do pacote de obras da Prefeitura de Belo Horizonte que prevê a reconstrução de 50 centros de saúde, uma Central de Material Esterilizado e um laboratório central, por meio de Parceria-Público Privada (PPP). Todos os centros de saúde contemplados terão espaço físico padronizado e áreas com 100% de acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida.

Fonte: PMBH

EDSON RODRIGUES

Especialista em Gestão de Saúde Pública